terça-feira, fevereiro 14, 2006

Queria deletar! by Érica

Ontem por alguns minutos eu fiquei desesperada. E depois dei muitas
gargalhadas. Recebi um e-mail de uma pessoa conhecida(porque os remetentes
desconhecidos eu bloqueio ou deleto rápido!) que dizia de um vírus que se
espalha rápido, colhe informações e destrói o PC. Eu que já tinha na semana
passada, trocado o computador porque ele estava "virulento", não tive
dúvida: segui as informações, deletei o tal vírus e encaminhei(como mandava
o e-mail), para toda a minha lista!. Minutos depois um entendido no
assunto me liga e diz que era tudo mentira. O tal vírus, que era
representado por um ursinho cinza, não passava de um (mais um!) boato que
circula pela internet. Passados poucos minutos, metade dos amigos já tinha deletado o inofensivo urso. Coisas da modernidade. Gente sem o que fazer que fica
disseminando o medo. Vai saber quem começou... Falsa autoria, falsa
realidade. Já recebi mensagens do tipo: "Salve uma vida", correntes para
Nossa Senhora, essas diziam que se não repassasse teria anos de azar e que meus desejos nunca se realizarão. Não repasso este tipo de coisa. Será por isso que meus
desejos não se realizam??? Que dúvida cruel.!..
Vou continuar sem repassar e lutando por aquilo que quero.
Um desejo não realizado, um poder que não tenho, é o de deletar(com um
simples toque no computador), algumas coisinhas... Deletaria, se pudesse: a
poluição, fome, violência, trânsito engarrafado(putz, esse seria demais!),
gravatas coloridas demais, amendocrem(arg!), injeção, gordura
localizada(acordar cedo para malhar, ninguém merece!) Se pudesse, deletaria
também algumas lembranças traumáticas, alguns medos infundados, algumas
saudades, e o mais libertador de tudo: Deletaria, sem possibilidade de ser
resgatada, a culpa!
Ou você tem uma receitinha para tal milagre???